domingo, 17 de setembro de 2017

Nova Fonte 9 de Julho no Gonzaga


Prepare os aplicativos de fotos, Snapseed, Boomerang e qualquer outro que você usa para fazer e editar fotos e filmes. A renovada Fonte 9 de Julho, reinaugurada sexta-feira (1°) no Gonzaga com a mesma tecnologia da fonte olímpica do Rio de Janeiro, promete atrair olhos e celulares para a colorida dança das águas.

Na prática, isso significa que nos primeiros meses serão 25 movimentos diferentes de água, em um bailado iluminado nas cores azul, verde, vermelho, branco, amarelo e lilás. Mas a tecnologia nacional aplicada pela empresa Fac Fontes, responsável pela atualização da fonte, permite até 100 coreografias.

A empresa quer conhecer melhor a direção e a intensidade do vento na praia antes de tornar todos os recursos disponíveis. Até outubro será instalado na Fonte 9 de Julho um anemômetro, aparelho com sensibilidade capaz de identificar a força do vento e adequar os jatos para que não caia água fora da fonte.

Shows

Desde sexta-feira (1°), a maior parte do tempo, a fonte funciona com pequenas variações de movimentos. Mas às 9h, 12h, 15h começam shows com 15 minutos de duração, com apresentação dos 25 movimentos programados por computação, que controla a subida, a descida e a altura das águas. Os jatos podem atingir até oito metros de altura. Às 18h e 21h, o show de 15 minutos ganha luzes para se tornar ainda mais atraente.

A fonte tem três tipos de bicos: vertical, parábola (formam os arcos) e o névoa, responsável pelo efeito de simular uma nuvem sobre a fonte.
Fotografia: Alexandre Andreazzi

Memória

A CET entregou o bonde 46 com as cores com que circulou de junho de 1984 a outubro de 1986, entre os canais 4 e 5. O trabalho exigiu pesquisa e também abrangeu a troca de madeiras e ferragens comprometidas pelo tempo.

1 comentários:

Mara disse...

Que bela e boa notícia! Mais um atrativo pra nossa linda Santos!!!

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...