quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Tudo o que você gostaria de saber sobre a ressaca de Santos e nunca teve a chance de perguntar

Foto: Adriano Azevedo
Foto: Ingrid Martins
No último sábado, 21 de agosto de 2016, no final de tarde, Santos sofreu com uma forte ressaca. O fenômeno castigou principalmente a Ponta da Praia e a entrada do Porto de Santos.

O Sistema de Informações Meteo-oceanográficos em tempo real desenvolvido pela HidroMares, o SISMO®, registrou dados inéditos desde que foi instalado no Porto de Santos. O equipamento localizado nas proximidades da Ilha das Palmas, mediu ondas acima de 4,25m às 17:30.

Recorde de Ondas
Este é um novo recorde de altura de ondas desde que o SISMO®SPPilots foi instalado em abril de 2014. A passagem da frente fria fez  com que o nível do mar subisse acima do esperado.

Veja na figura abaixo que no momento de maré mais alta foram registradas as maiores alturas de onda. Assim, com a somatória da altura das ondas extremamente alta para a região e um nível do mar elevado, a água invadiu facilmente as avenidas da cidade.


As ondas continuaram acima dos 3m de altura até as 2 horas da madrugada. Por todo esse período o nível do mar ficou quase 1m acima do esperado.

Nossa equipe percorreu os locais afetados pela ressaca deste domingo e mapeou toda a área invadida pela água do mar. Foram identificadas marcas de água com mais de 80cm acima do nível da rua.


Veja abaixo mapeamento da região afetada.

    Fonte: hidromares.com.br


Foto: André jaconi
A embarcação Gênesis foi arrastada em direção ao calçadão da orla, destruindo as muretas de contenção localizadas naquele trecho. 

De acordo com informações da Capitania dos Portos de São Paulo, a embarcação que encalhou após invadir o calçadão estava ancorada nas proximidades da Ponte Edgard Perdigão. 
Foto: André jaconi
 O Deck do Pescador terá que ser demolido. Segundo a Prefeitura de Santos, a ressaca comprometeu sua estrutura. A intenção é que o novo equipamento seja construído de forma a sofrer menos a ação da maré.
Foto: Alexandre Andreazzi
 A força da maré movimentou enormes pedras até a avenida da Ponta da Praia
Foto: Johann Godeau

A HidroMares atua no auxilio a praticamente todas as atividades ligadas ao oceanos, mares, rios e represas. Oferecemos soluções completas, com serviços e equipamentos, proporcionando aos nossos clientes operações mais seguras, eficientes e com maior cuidado com o meio ambiente.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...