sábado, 19 de outubro de 2013

Banda Santista Ryujin faz sucesso

Formada há quatro anos a banda santista Ryujin é formada por três vocalistas (Arthur, Thatyane Kuratani, Eduardo Besson), dois guitarristas (John Kennedy e Diego 'Pipoca' Mattos), um baterista (Dyego Gomes) e um tecladista 


A princípio, pode até parecer um número elevado de pessoas para um conjunto musical. O baixista, porém, explica que é uma particularidade do gênero. “Muitas animesongs não seguem uma linha, não são apenas rock ou apenas pop. Então, tem essa necessidade de mais instrumentos, variação de vocais, sendo um masculino e um feminino. Fomos completando (a banda) de acordo com a necessidade”, justifica.


Apesar do pouco tempo de “estrada”, a Ryujin já se aventura fora da Baixada Santista, apresentando-se na capital paulista e no interior de São Paulo, sempre em eventos voltados à cultura japonesa. “É difícil uma banda de animesongs tocar em um show ‘convencional’”, admite Arthur. “Acho que é um pouco de preconceito com o pessoal que curte animes. Tem muito otaku (fã de desenhos e revistas em quadrinhos japoneses) enrustido, mas que diz que é isso coisa de criança (risos)”, emenda Eduardo.


E a banda sonha alto. Quer, primeiro, gravar um álbum com músicas próprias. “Fizemos algumas versões covers, mas de forma caseira. Queremos gravar no estilo animesong, mas com as nossas letras, mesclando português e japonês”, explica Arthur. Outro objetivo é ter a voz e o som nas canções de abertura e encerramento de um anime. “É o caminho de muitas bandas de sucesso no Japão. Lá, os animes são transmitidos em horário nobre”, conclui Eduardo.


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...