quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Projeto do túnel submerso Santos – Guarujá é apresentado

Importante passo foi dado terça-feira (3) para o início das obras do túnel submerso que ligará Santos e Guarujá. O EIA/Rima (Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto ao Meio Ambiente) foi entregue pelo governador Geraldo Alckmin aos prefeitos das duas cidades, Paulo Alexandre Barbosa e Maria Antonieta de Brito, em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes.

Na ocasião também foi apresentado a diversas autoridades regionais e estaduais vídeo com o traçado definitivo do túnel e as intervenções viárias a serem feitas em ambos os municípios.

Responsável pelo gerenciamento da obra, a Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) entregou o EIA/Rima na Cetesb no dia 28. O estudo foi feito pelo consórcio Prime/Etel. De acordo com o governo estadual, a expectativa é que a licença prévia seja emitida até março e a licença de instalação e início das obras em julho de 2014. “É um ganho para a engenharia brasileira, um projeto de vanguarda do ponto de vista tecnológico, que vai melhorar o viário preservando a arquitetura”, disse Alckmin.

O chefe do executivo santista entregou ao governador livro com plano regional elaborado em 1947 pelo urbanista Prestes Maia. “Naquela época, ele já previa a necessidade de três ligações entre Santos e Guarujá. É um sonho histórico da Baixada Santista e uma obra inédita no Brasil. Com o novo acesso, as pessoas economizarão tempo no trânsito em seu dia a dia. É mais tempo em casa e com a família, é mais qualidade de vida”.

Túnel reduzirá tempo de circulação

O túnel reduzirá o tempo de circulação dos automóveis, terá faixas para veículos, bicicletas, pedestres e caminhões urbanos. Também está prevista a passagem do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), que dará acesso ao futuro aeroporto metropolitano e ao terminal rodoviário de Vicente de Carvalho.

O projeto de engenharia é feito pelo consórcio Engevix/Plansevi/Themag e conta com consultoria da empresa holandesa Haskoning Nederland B.V., responsável por projetos similares em vários países. O custo total do empreendimento é de R$ 2,4 bilhões, com previsão de conclusão em 44 meses.

Consulta e audiências públicas

No dia 16, a Dersa abrirá duas centrais de relacionamento, uma em Santos e outra em Guarujá, para prestar informações à população, disponibilizar consultas ao EIA/Rima e ao traçado do projeto. Em novembro serão marcadas audiências públicas nos dois municípios.

As intervenções

- O túnel será composto por seis módulos de concreto pré-moldado, construídos em uma doca seca, no Guarujá.

- Os módulos serão rebocados flutuando até o local onde serão submersos. Após a imersão, cada elemento é encaixado e fixado aos anteriores.

- Terá 762m de extensão, 950m de rampas e cerca de 4,5km de obras viárias em superfície e em viadutos.

- Interligará o bairro do Macuco com Vicente de Carvalho.

Clique no link para ver o vídeo.

1 comentários:

Anônimo disse...

QUE RUAS SERÃO FEITAS AS DESAPROPRIAÇÕES ?

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...