quinta-feira, 13 de junho de 2013

Patriarca da Independência José Bonifácio de Andrada e Silvao é celebrado em ato cívico

A memória do santista José Bonifácio de Andrada e Silva, o filho mais ilustre da cidade e principal responsável pela Independência do Brasil, foi celebrada nesta quinta (13) com diversas atividades em comemoração aos 250 anos de seu nascimento.


O início da programação ocorreu com ato cívico pela manhã em frente ao Pantheon dos Andradas, onde estão os restos mortais do patriarca, em solenidade com a presença de várias autoridades políticas e militares do País.

A cerimônia foi aberta com o hino nacional, ao som da Banda de Fuzileiros Navais, seguido do hino de Santos pela Banda da 1ª Brigada de Artilharia Antia-aérea. Também fez parte da solenidade a corporação dos Dragões da Independência, guarda simbólica da Presidência da República.

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa destacou o espírito de vanguarda do filho ilustre, com a luta pelo fim da escravidão, independência do país e defesa do meio ambiente. “José Bonifácio foi um homem visionário, que sempre enxergou à frente do seu tempo. Que estes bons exemplos possam permear a história de todos nós santistas, paulistas e brasileiros”.

O ministro da Defesa e ex-ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, lembrou que Bonifácio foi o primeiro chanceler brasileiro e sempre atuou pela aliança com os vizinhos sulamericanos. “É uma fonte permanente de inspiração”.

O deputado federal Bonifácio de Andrada (Minas Gerais), descendente de José Bonifácio, falou em nome dos familiares e também trouxe congratulações a Santos pela data em nome do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves.

Já o governador Geraldo Alckmin enalteceu a atuação de José Bonifácio tanto na ciência quanto na política. “Um homem notável que, com sua inteligência, foi fundamental para nós, brasileiros, conquistarmos nosso maior bem, uma pátria livre”, disse Alckmin, lembrando que Santos sempre foi celeiro de grandes brasileiros, a exemplo dos irmãos Andradas Antônio Carlos e Martim Francisco, os irmãos Alexandre e Bartolomeu de Gusmão e o ex-governador Mário Covas.

Ao final da cerimônia, as autoridades depositaram flores no túmulo de Bonifácio e um caça da Força Aérea se exibiu pelo céu do Centro Histórico.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...