sábado, 11 de maio de 2013

O Bairro do Gonzaga já está com novo visual

O trecho final da avenida Ana Costa está de cara nova, tornando o tradicional bairro do Gonzaga ainda mais atraente para turistas e moradores de Santos. As obras de reurbanização do chamado eixo turístico da avenida, entre a orla e a Praça Independência, foram concluídas, é visível a transformação da área.

O espaço foi amplamente reurbanizado, com nova pavimentação, pintura de solo, calçamento, paisagismo, bancos e lixeiras, retirada de postes e da fiação aérea para embutimento subterrâneo, criação de baias de embarque e desembarque, iluminação especial nas palmeiras do canteiro central da avenida e da praça Independência, postes metálicos com hastes específicas para iluminar a via e calçadas e troca dos mastros na praça das Bandeiras.

Já na Praça da Independência, foram instalados refletores na cor verde para as palmeiras, além de 26 refletores de vapor metálico para iluminar o Monumento dos Andradas, inaugurado em 1922 em homenagem ao Centenário da Independência do Brasil.

Galeria histórica é descoberta durante as obras

A reurbanização do eixo turístico da avenida Ana Costa ganhou um novo atrativo com a galeria subterrânea descoberta por acaso durante as obras de escavação para trabalho nos dutos de infraestrutura e energia da região. A galeria fica sob o leito carroçável da avenida e é a nova aposta da Prefeitura de Santos, que já providenciou o registro da área no Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) para que seja definida como de interesse nacional.

Estima-se que a galeria seja do final desse século. Com 18 metros de largura – ainda não se sabe o comprimento – e assoreada (coberta de areia) em boa parte de sua base, a estrutura é composta por diversos arcos de tijolo, separados por alguns pilares feitos do mesmo material e perfil metálico. Ela está a 46 cm do chão.

O público já pode observar a antiga estrutura da galeria. No passeio público, na altura do número 479 da avenida, o que denominou “Túnel do Tempo”, um poço de visita em volta do qual foi erguida uma parede para a sustentação de vidros temperados e laminados, que são usados como piso para facilitar a visualização. Em frente ao equipamento, foi inaugurado um totem informativo.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...