sexta-feira, 17 de maio de 2013

Jornalista e escritora Taís Curi assume Cadeira 36 da Academia Santista de Letras


A jornalista e escritora Taís Assunção Curi Pereira vai realizar um sonho antigo no dia 23 de maio: assumirá a cadeira de nº 36 da Academia Santista de Letras, durante solenidade marcada para às 19h30, no Consistório da Chancelaria da Universidade Santa Cecília. O patrono da cadeira é Alberto Leal e, na oportunidade, ela será saudada pela acadêmica Ana Maria Pereira Sachetto, titular da cadeira nº 4. O consistório da Unisanta fica na Rua Soares de Camargo, 18.

Atualmente Taís é consultora e coordenadora de projetos editoriais nas áreas empresarial e cultural, atuando também como pesquisadora, escritora e palestrante. É autora de diversos artigos publicados em revistas e periódicos acadêmicos, além de textos em jornais da região.

Como jornalista, escritora e pesquisadora da área cultural, Taís considera um privilégio partilhar de um espaço que vem sendo ocupado por tantos nomes ilustres das letras, em Santos e região: “Nos contatos que venho mantendo ao longo dos anos com diversos acadêmicos, ora em virtude da profissão, ora por amizade, sempre admirei o interesse de todos os integrantes da instituição em elaborar e divulgar textos que têm contribuído significativamente para engrandecer e perpetuar a produção literária originada na Cidade. Temos autores com obras belíssimas e elas merecem ser perpetuadas no imaginário cultural e social”.

Sobre Taís Curi
Durante duas décadas Taís atuou como repórter de A Tribuna, onde começou sua carreira em 1975. No jornal passou por várias editorias, realizando coberturas nas áreas de Educação, Turismo, Artes e Variedades, Economia, Justiça e Política. Foi Assessora de Comunicação da Associação Comercial de Santos, onde durante 20 anos (1983-2003), participou das comissões organizadoras do Seminário Internacional de Café de Santos e editou jornais e revistas. Atuou, ainda, como assessora parlamentar da Câmara Federal, diretora de Redação da revista Litoral Vivo, editora do Diário Oficial da Prefeitura de Santos, professora da Universidade Santa Cecília – Unisanta, Universidade Católica de Santos – UniSantos – e Universidade Mont Serrate – Unimonte.



Em 2005 conquistou o título de Doutora em Ciência da Comunicação pela Universidade de São Paulo – USP –, defendendo a tese A construção da memória discursiva em textos jornalísticos de Cultura. Cinco anos antes, em 2000, já havia obtido o título de mestre, também pela Universidade de São Paulo, ao apresentar a dissertação Imprensa do Interior Paulista – Evolução e Perspectivas para o Século XXI.

Pianista formada pelo Conservatório Musical Villa-Lobos, em 1970, Taís trabalhou como música profissional entre os anos de 1995 e 2000. No campo das artes plásticas é autora de trabalhos nas técnicas de pastel seco, óleo e aquarela.

Possui quatro livros publicados:
· Patrimônio Histórico, Cultural e Natural – Região Metropolitana da Baixada Santista (2010), reunindo aspectos da história, da cultura e das belezas naturais que caracterizam os nove municípios integrantes da Região Metropolitana.

· Theatro Guarany: o renascer de um palco centenário (2008), livro que documenta todo o processo de resgate, recuperação e restauração de uma casa de espetáculos com 130 anos de existência, que é referência para diversas gerações santistas.

Por Ivani Cardoso

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...