quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Santos, o novo porto seguro do Brasil




A cidade de Santos vive um novo momento – de crescimento, de alegrias, de valores e desenvolvimento. E com o novo prefeito, Paulo Alexandre Barbosa, este é o momento de renovação e juventude, em uma cidade onde o atraso e a turma do “não” sempre deram as palavras de ordem.
Pré-Sal, crescimento do Porto de Santos, desenvolvimento econômico do Brasil, avanço do país no sistema internacional, necessidade de mão de obra altamente qualificada estão entre os inúmeros fatores estratégicos que hoje colocam a cidade numa nova rota de necessidades para o seu crescimento.
A cidade santista tem um grande potencial de negócios e desenvolvimento de projetos internacionais. Primeiro por já ser uma cidade internacional, pelo Porto de Santos, pelo Santos F. C., pelo petróleo e por outros fatores da chamada Marca Santos. Mas o grande impacto, considerando estes fatores, é a construção de uma agenda internacional que viabilizará projetos privados no futuro, principalmente em desenvolver a Marca Santos no exterior, e a captação de recursos internacionais para investimentos em projetos de tecnologia, turismo, logística e transformação de uma cidade do conhecimento.
A cidade necessita e merece de uma política agressiva para a Economia Criativa, que tem o objetivo de alavancar negócios a partir de suas sinergias básicas, e principalmente através de parceiros internacionais que já desenvolvem de forma intensa essas políticas pelo mundo.
Com todo o crescimento que estamos vivenciando, e pelo boom, inicialmente, imobiliário, a cidade de Santos precisa de um projeto internacional consistente, jovem, moderno, com uma visão clara de marketing internacional, que ajude a Marca Santos a ser bem posicionada nas diversas rodadas de negócios pelo mundo, e também a ajudar a capitalizar projetos públicos e privados para o desenvolvimento econômico e social do município e de toda a região.

Com uma visão internacional, principalmente de presença, a cidade pode fomentar investimentos contínuos através de parcerias público-privadas com entidades internacionais, além de buscar recursos estratégicos em diversas instituições internacionais de fomento, que hoje buscam mais projetos na América Latina como porto seguro. E neste caso Santos pode se beneficiar de forma intensa. A cidade tem perspectivas e cenários interessantes para os próximos anos, e com isso ajuda na construção de um plano de fomento e captação de investimentos no exterior.
O momento é oportuno, e o novo prefeito não tem um desafio, e sim uma grande oportunidade para aproveitar todo o potencial internacional dessa linda e valiosa cidade.


Paulo Alexandre Barbosa tem a juventude, e precisa de técnicos que conhecem o sistema internacional, pois a cidade mostra potencial para receber uma carga de investimentos externos, para fomentar capital e também para gerar fundo de investimento efetivo para a construção de negócios reais.
Santos não pode ser pensada mais como um simples balneário, e sim como um porto seguro de investimentos. A cidade tem capacidade de receber recursos do Banco Mundial e de empresas multinacionais, e principalmente de ser um grande fundo de investimentos para o crescimento sustentável e contínuo de um dos novos polos de crescimento do Brasil.

Paulo Alexandre Barbosa tem muito para fazer, e com certeza tem condições para executar o desenvolvimento real e técnico. É só querer, e buscar as pessoas certas para isso.

Por FÁBIO P. RIBEIRO

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...