domingo, 13 de janeiro de 2013

Baiacu de Santos e suas curiosidades

É comum pescar baiacu no Deck do Pescador na Ponta da Praia, o peixe possui algumas curiosidades que, aparentemente podem até nos assustar. E, de fato, por vezes pode ser assustador.

Isso ocorre pois, de uma hora pra outra, o peixe infla e pode ficar até 3 vezes maior que o tamanho original. Esse mecanismo de defesa é comumente utilizado para afastar um possível predador que esteja por perto.

Algumas espécies ainda possuem espinho e, que ficam mais visíveis e ameaçadores quando o animal infla. Essa característica também ajuda a intimidar o predador que, por vezes assustado, acaba fugindo.

Mas, o que pode ser considerado bastante perigoso e até mesmo letal é o veneno que o baiacu possui. Pouco gente conhece, mas as 150 espécies de peixes que ganham o nome popular de baiacu, possuem na carne uma substância altamente tóxica, a tetrodotoxina que, apenas 2 gramas dela são suficientes para matar uma pessoa. O veneno do peixe fica concentrado na pele e em órgãos.

Processo de inchaço do Peixe Baiacu:

Tudo começa quando o peixe engole uma grande quantidade de água e armazena no estômago. Como esse órgão é muito elástico, ele infla como uma bexiga e deixa o baiacu maior.

Por a pele ser bastante elástica, o peixe não “rasga” quando incha. Além disso, a espinha também é bastante flexível e se curva para acompanhar o novo formato do corpo.

Quando o baiacu já está cheio de água, uma válvula localizada na base da boca do peixe é empurrada na direção dos dentes. Assim, ela fecha a saída para água armazenada no estômago.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...