sábado, 5 de março de 2016

Os Jardins da Orla de Santos

Foto: Alexandre Andreazzi
O principal cartão postal da Cidade recebeu em 2002 o título de maior jardim de praia do mundo, pelo "Guinness Book of records", o Livro dos Recordes. Com 5.335m de comprimento e largura entre 45 e 50m, 218.800 m² de área, os jardins contam com 815 canteiros, com várias espécies do tipo perene, com predominância de lírios amarelos e brancos, biris vermelhos, crisântemos brancos, amarelos e mesclados.
Foto: Ilza Joaquim
O jardim foi idealizado pelo engenheiro Saturnino de Brito em 1914, o jardim da orla santista começou a tomar corpo em 1920, próximo aos hoteis tradicionais da cidade. Movimento encabeçado pelo poeta Vicente de Carvalho e o prefeito da época, Joaquim Montenegro, conseguiu a cessão da área para o município, em 1922.

Foto: Laura Pedrido
 A orla marítima se estende por sete bairros da cidade: Aparecida, Boqueirão, Embaré, Gonzaga, José Menino, Pompéia e Ponta da Praia, e é uma grande fonte de recursos biológicos e espécies de flores e pássaros. A preservação e o cuidado com a flora do ambiente praiano santista, permeado de palmeiras e amendoeiras, são resultados de um trabalho em conjunto dos departamentos de meio-ambiente da região muitas vezes ligados à universidades ou à instituições biológicas.

Foto: Marcos Comune
Os cuidados ficam a cargo de sete equipes, 38 funcionários do Depav (Departamento de Parques e Áreas Verdes), vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, formadas por jardineiros, podadores, ajudantes e microtatoristas que executam um trabalho minucioso e contínuo ao longo do ano. É no inverno que reformam os canteiros, introduzem novas mudas e fazem as podas de limpeza e de formação, retirando flores e galhos secos.
Foto: Rubens Carvalho

Foto: Bruno Scarpa

Confira o Vídeo do Jardim inteiro por Alexandre Andreazzi

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...