segunda-feira, 19 de março de 2012

Risco de investimentos é de até 10% em Santos

Os riscos de investimentos em Santos são baixos e variam entre 5% e 10%. A afirmação partiu do auditor Alex Agostini, da empresa Austin Rating, após divulgar os resultados de pesquisa realizada no município. Entre as cidades e até mesmo estados pesquisados, Santos ficou na melhor colocação de risco de investimentos. 

Foram avaliados os estados de São Paulo, Minas Gerias, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, além dos municípios de Santos, Belo Horizonte, Guarulhos, Jundiaí, Porto Alegre, São Caetano do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro. "O risco de investimento em Santos é muito baixo, algo em torno de 5 a 10%. A nota da cidade ficou muita próxima a de países já desenvolvidos.

Santos alcançou nota AA, sendo o teto de AAA. Isso é muito bom. É claro que existem riscos como político, geográfico, enfim. Mas hoje, a classificação de Santos tem um risco muito pequeno próximo dos municípios que nós analisamos", disse Agostini.

Segundo a pesquisa, entre os fatores positivos de Santos estão: o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, baixo nível de endividamento, bons níveis de investimentos em Saúde e Educação, crescimento de receita tributária de 22% em 2011, PIB elevado, boa representatividade no comércio exterior, entre outros.
Entre os fatores negativos estão: restrição territorial que pode elevar o valor da terra na cidade, além do nível médio de estoque de precatório e saldo de precatórios no valor de mais de R$ 238 milhões, em 2011.

Fonte: METRO SANTOS

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...