quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Birdwatching em Santos - Observando Aves

A Mata Atlântica abriga a maior biodiversidade do mundo, onde só na cidade de Santos podemos encontrar mais de 85 espécies de aves catalogadas no Wikiaves, onde 1.832 espécies são encontradas nos mais diferentes biomas e paisagens. E observá-las tem sido, cada vez mais, um grande atrativo para turistas do mundo inteiro.

'Birdwatching' é o termo utilizado para designar a prática de observação de aves em seu habitat natural. No Brasil e na Baixada Santista, tal atividade tem ganhado cada vez mais adeptos, que viajam exclusivamente para ver de perto - e retratar - espécies exóticas de pássaros e aves de rapina.


*Wikiaves: Um dos principais sites dedicados à observação de aves na América do Sul, por sua vez, congrega um número significativo de perfis de aficionados brasileiros: cerca de 8.300 pessoas.

Nomes de pássaros cadastrados no site "Clicados" na cidade de Santos:
Biguá no Canal 2
           Amazilia fimbriata,       Amazona farinosa,       Amblyramphus holosericeus,       Anhinga,   Anthus lutescens,       Antrostomus rufus,       Anu-branco,       Aramides mangle,       Ardea alba,       Balança-rabo-de-bico-torto,       Basileuterus   culicivorus,       Beija-flor-cinza,       Beija-flor-de-veste-preta,       Beija-flor-tesoura,       Bem-te-vi,   Biguá,   Cantorchilus longirostris,       Caracara plancus,       Caraúna-de-cara-branca,       Celeus flavescens,       Cigarra-verdadeira,       Coereba flaveola,       Columba livia,       Coragyps atratus Corruíra,       Crotophaga ani,       Dendrocygna viduata,       Estrilda astrild,       Falcão-peregrino,       Fluvicola   nengeta,       Fregata magnificens,       Furnarius rufus,       Garça-azul,       Garça-branca-pequena,       Garça-moura,       Gavião-asa-de-telha,       Gavião-preto,       Hemitriccus nidipendulus,       Iraúna-grande,       João-botina-do-brejo,       Larus dominicanus,       Megaceryle torquata,       Mimus triurus, Neinei,    Pardal,   Pandion haliaetus,       Paroaria dominicana,       Passer domesticus,       Pelecanus occidentalis,       Periquito-rico,       Phalacrocorax brasilianus,       Phalaropus tricolor,       pimentão,       pixoxó,       Platalea ajaja,       Podicephorus major,       Pombão,       Quiriquiri,       Rolinha-roxa,       Sabiá-laranjeira,       Sabiá-una saí-canário,       Sanhaçu-cinzento,       Sanhaçu-do-coqueiro,       Saracura-matraca,       Savacu,       Savacu-de-coroa,       Socozinho,       Spheniscus magellanicus,       Sporophila albogularis,       Sterna hirundo,       Suiriri,       suiriri-cavaleiro,       Sula leucogaster,       Tesourinha,       Thalassarche chlororhynchos,       Tico-tico,       Tiê-preto,       Tiê-sangue trinta-réis-de-bando,       Trinta-réis-real,       Turdus amaurochalinus,       Turdus amaurochalinus e outros.

1 comentários:

Ana Elisa disse...

Sensacional a primeira foto. Parabéns!!!

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...