terça-feira, 4 de outubro de 2011

Calçadas danificadas em Santos: Donos de imóveis pagam R$ 2.000,00 de multa

Fiscalização faz "Pente-fino nesta semana nas calçadas do Gonzaga, Boqueirão e Campo Grande. 
Os proprietários de imóveis com calçadas danificadas e que já foram intimados pela prefeitura a consertá-las devem ficar preparados para receber multas de R$ 2 mil. 
Uma operação pente-fino da fiscalização percorre bairros da orla já visitados neste ano, que teve em nove meses 1.820 procedimentos, como intimações e outros.   
“Não necessariamente esses 1,8 mil procedimentos são contra proprietários”, diz a arquiteta Sônia Alencar, chefe do Departamento de Controle do Uso e Ocupação do Solo e Segurança de Edificações da Prefeitura de Santos. 
De acordo com ela, concessionárias de serviços como telefonia e água e esgoto, no caso Telefônica e Sabesp, também recebem notificações do município. Os fiscais conferem se o conserto foi feito. Legalmente, pelo Código de Posturas, o prazo para consertar a calçada é de 30 dias após a intimação oficial. 
“Nosso objetivo não é autuar, é melhorar as calçadas”, diz Alencar. 
Nos próximos meses, deve ter início o mesmo trabalho de fiscalização na zona intermediária da cidade. 


2 comentários:

Anônimo disse...

todo ano só eu que comserto a minha calçada.os vizinhos é que possuen caninhão e lojas de contrução ...tipo um bazar mais só eu recebo a o aviso é q.o pai dele é gari a calçada dele é toda quebrabada a onde velhos e doente não podi passar..já sofri um atropelamemto nesta rua e foi grave pelo o vizinho da rua de trás.passar na loja e quebra as peças e pg a calçada é curta

Anônimo disse...

o bazar fica na estrada das capoeiras em frente o sepa não possui calçada...e eles possui funcionario caminhão e material são portugueses todos têm que passar dentro da loja para que brar e pg.

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...