terça-feira, 2 de agosto de 2011

Antiga biblioteca municipal de Santos no centro histórico será reformada para abrigar a FAMS

Em estilo art déco, da década de 30, o prédio onde funcionava a antiga Biblioteca Municipal, à Rua Amador Bueno, 22, no Centro Histórico, será restaurado para abrigar as instalações da Fams (Fundação Arquivo e Memória de Santos).


Cedida ao órgão pela prefeitura no início do ano, o imóvel, com cerca de 240 m² de área útil, contará com a Biblioteca Catarina de Aguillar, hoje instalada no Outeiro de Santa Catarina (sede da Fams), cujo acervo tem 2.600 volumes; programa História Oral, que grava depoimentos de pessoas que participaram de momentos marcantes da história da cidade, além de cursos e seminários.

As intervenções serão realizadas pela empresa JE Medeiros Ltda, com supervisão do Dear-RCH (Departamento da Administração da Região Central Histórica), vinculado à Seserp (Secretaria de Serviços Públicos).

Segundo a Fams, as características originais do edifício, que tem nível de proteção pelo Condepasa (Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Cultural de Santos), serão mantidas.

“O objetivo é que a casa volte às origens e com uma biblioteca especializada, proporcionando às pessoas a formação sobre a história de Santos”, afirmou o diretor-presidente da Fams, José Manuel Costa Alves.

Entre os aspectos a serem preservados estão o piso de granito decorado, adornos, gradis e móveis fixos de madeira. As obras devem terminar em oito meses, com custo estimado de R$ 478 mil.

Fonte: Prefeitura de Santos