quarta-feira, 15 de junho de 2011

A Santista Thays dos Santos no Ironman Hawai



Santos estará muito bem representada no emblemático Ironman do Havaí, em outubro deste ano. Com uma estreia excelente na distância, Thays dos Santos foi a melhor amadora feminina e venceu a categoria 18/24 anos no Ironman Brasil, em Florianópolis (SC), garantindo umas das cobiçadas vagas na prova havaiana, considerada a principal e maior disputa da modalidade no mundo e que deu origem ao triatlhon.
Aos 22 anos e triatleta há seis, Thays teve como grande incentivo uma declaração de seu pai, Joaquim. “Ele morre de medo de avião, nunca viajou e disse que só entraria num avião se fosse para ver uma das filhas no Ironman do Havaí. Então decidi correr por ele e garanti esse grande resultado. Agora não tem jeito, ele terá de ir”, afirma Thays, que na chegada usou uma camisa com uma foto estampada com seu pai e os dizeres: “Essa prova foi para você pai. Havaii nos espera. Te amo!”.
Na prova, com nada menos que 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e para completar uma maratona de 42,2 km, Thays cruzou a linha de chegada em 10h14min43s. Além de melhor amadora e campeã da faixa etária, teve o melhor ciclismo feminino e ganhou o troféu de melhor índice técnico.
“Na chegada, a emoção foi total. Fui a mais nova de todas à minha frente e ainda tinha essa homenagem ao meu pai. Foi sensacional”, lembra. “Fiz a prova tranquila, ria muito, porque estava me sentindo bem e queria dar esse presente ao meu pai. Fui a quarta a sair da natação entre as mulheres, até o km 90 do ciclismo estava em quarto e entreguei a bike em décimo. Mesmo sem nunca ter competido no Ironman, contra atletas muito experientes”, conta Thays.
Mostrando humildade, ela ressalta que nem passava por sua cabeça esse excelente desempenho. “Nem pensava nisso. Nem metade do que eu fiz. Ralo para chegar entre as top 10 no Troféu Brasil de Triathlon”, comenta a atleta, que divide seus treinos entre o Centro de Excelência de Rio Maior, em Portugal, onde está a equipe brasileira do Projeto Rio 2016, e a Unique 1 Academia, em Santos, quando está em casa, sempre com orientação do técnico San Palma, também marido e treinador da olímpica Carla Moreno.
HOMENAGEM - De volta a Santos, Thays recebeu uma homenagem na Unique 1, junto com os outros seis alunos que completaram a dura disputa, em Florianópolis: Francisco Sartore Perez (9h21min09), com o excelente 35º lugar geral, Júlio Paterlini (9h57min26), em 135º geral, Fernando Lobão (11h08min18s), Lúcio José dos Santos (12h34min37s), Davi Silvestre (12h44min46s) e Felipe Isaias (14h06min04s).
Um cartaz com os nomes de todos eles e, em maior destaque o de Thays, foi colocado na academia com os dizeres: “Nossos 7 guerreiros mostram a força da Unique 1 no Ironman. Homenagem de toda a equipe Unique 1 Academia aos atletas que realizaram com sucesso o Ironman Internacional, uma das provas mais difíceis do Mundo, que requer dedicação, superação e resistência para ser completada”.
PLANOS - Única santista garantida na final mundial no Havaí, Thays tem planos ambiciosos para o seu futuro. “Sou nova para o Ironman e sei que posso melhorar muito ainda. Pelo que vi dos resultados do ano passado no Havaí, vou brigar pelo título da minha categoria e o geral amador”, argumenta a atleta, que também tem no currículo o vice-campeonato mundial amador no Campeonato de Longa Distância – 4 km de natação, 130 km de ciclismo e 30 km de corrida.
“No Ironman Brasil quero brigar para ser top 5 em 2012, para em 2013, com mais experiência, largar entre as profissionais e brigar pelo pódio”, avisa a triatleta, namorada de outro destaque da modalidade, Marcus Fernandes, que também treina em Portugal.
Fonte: FMA Notícias

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu Melhor comentário aqui...