quinta-feira, 10 de março de 2011

Saturnino de Brito, o criador dos Canais de Santos


Ele é conhecido por ter projetado os canais de Santos. Vindo do Rio de Janeiro, o engenheiro sanitarista pôs fim ao problema do saneamento básico na Cidade. Devido às precáriascondições de higiene e a falta de serviço de remoção de lixo, metade da população local foi dizimada por uma série de doenças. Entre 1890 e 1899, dos nossos 50 mil habitantes, 22 mil pessoas morreram.

De 1905 a 1912, Saturnino de Brito desenvolveu o programa de saneamento, baseado no princípio de separar as águas de rios e córregos das do esgoto. O Canal 1 foi o primeiro a ser inaugurado em 1907, tendo apenas um pequeno trecho no bairro do Paquetá. Em 1910, ele foi completado e foi aberto também o 2. O canal 6 veio em 1919, os canais 3 e o 4 em 1923 e o canal 5 em 1927.

Na verdade, o projeto de Saturnino de Brito inclui a construção de um total de nove canais superficiais (os seis da orla, aquele próximo ao Orquidário, o da Rua Moura Ribeiro, no Marapé, e outro da Rua Francisco Manoel, no Jabaquara). Ainda tem os subterrâneos, entre eles, um na Rua Brás Cubas, no Centro. A Prefeitura completou o sistema de drenagem com os canais 7 (1968), o do final da Avenida Afonso Pena e o da Jovino de Melo, na Zona Noroeste. O que quer dizer que, só de Saturnino de Brito, herdamos nove canais superficiais e, do Poder Público ganhamos três. A olhos vistos são 12 em toda a Cidade.