terça-feira, 30 de novembro de 2010

Desconectar do Mundo Virtual para se Conectar ao Real

Se você usa Twitter, Facebook , Orkut ou blog sabe, tudo faz você distrair e viciar ao mesmo tempo. Vamos pulando de site em site, construindo relações virtuais e menos reais. Deixamos um rastro da nossa vida que ficará durantes anos à disposição de qualquer curioso no Google. Porém, como viveríamos sem isso? Ela aproxima pessoas por afinidade, reaproxima quem se perdeu, permite momentos de ócio criativo, de paz e sossego. Mas, quando o virtual não bate com o real é frustrante. Quando o virtual é Melhor que o real, chega a ser deprimente. Ao vivo nem tudo são flores, nem todas as pessoas são como nas fotos.


Ficamos na ilusão de estarmos conectados com o mundo e com as coisas mais importantes para nós, mais infelizmente se observarmos o que está acontecendo na vida de nós usuários: ansiedades, insônias, irritabilidade, tensões musculares, problemas de relacionamentos, esquecimento do corpo e de suas necessidades. Estamos desconectados de nossa alma. Precisamos urgentes parar, desligar o computador. Será que você consegue um dia? Retornar para as coisas simples da vida, conversar frente a frente com quem realmente podemos chamar de amigos, caminhar descalços na praia, sentir o vento e o cheiro de flores, dançar, tocar, dizer eu te amo olhando nos olhos…

Experimente por um dia desconectar e sentir o mundo ao seu redor, só quando perdi meu smartphone que reparei o quanto estava conectado. Fiquei fora do mundo virtual durante uma semana, e neste período realizei muita coisa que tinha esquecido que existia.

Desconecte-se para se Conectar, quem sabe quando você voltar para casa descubra que tudo que necessita já está lá.