terça-feira, 7 de setembro de 2010

HOJE o Prédio da Bolsa de Café completa 88 anos


O edifício da Bolsa Oficial de Café, em Santos, inaugurado em 1922 para centralizar, organizar e controlar as operações do mercado cafeeiro, na época a principal fonte de riqueza do país, completa 88 anos.



O suntuoso prédio, com arquitetura típica do ecletismo, conta com materiais de acabamento de alta qualidade, como cúpulas de cobre, vitrais, mosaicos de mármore e colunas de granito, além da torre do relógio, que tem 40m de altura e tornou-se referência paisagística da cidade.


A Bolsa de Café de Santos, a primeira do Brasil, foi criada em 14 de julho de 1914 pela lei estadual 1.416. Em 28 de abril de 1917, ela começou a funcionar em uma sala alugada na Rua do Comércio. Somente em 1920, teve início a construção de sua sede, sob responsabilidade da Companhia Construtora de Santos.

Com a crise de 1929 e a crescente interferência do governo federal nos negócios do café, a Bolsa foi desativada em 1937, sendo reaberta em 1942 como Bolsa de Mercadorias e Futuros de Santos. Mas, em 1957, os pregões de café passaram a acontecer na Bolsa de Mercadorias de São Paulo. Em reconhecimento ao seu valor arquitetônico e cultural, no dia 12 de março de 2009 o prédio foi oficialmente tombado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).


Fonte: Diário Oficial                                  CAFETERIA do MUSEU