terça-feira, 7 de março de 2017

Santos é Melhor cidade para se viver após os 60 anos

Este final de semana uma pesquisa realizada pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon e a Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV/Eaesp) mostrou as melhores cidades para se viver após os 60 anos.

No levantamento, Santos foi a campeã como a que possui a melhor capacidade para atender às necessidades básicas dos idosos, como qualidade de vida, bem-estar, cultura, engajamento etc. Foram analisadas as condições das 498 cidades brasileiras (Municípios com mais de 100 mil habitantes).

Depois de Santos no ranking vem: Florianópolis, Porto Alegre, Niterói, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Jundiaí, Americana, Vitória e Campinas.


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Carnabonde leva multidão às ruas do Centro Histórico

Seguro, divertido e familiar. Dez mil pessoas participaram da 17ª edição do Carnabonde, realizado neste sábado (25), reforçando as marcas de um evento que já faz parte da longa tradição carnavalesca da cidade e que faz parte também da história de vida de muita gente.

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Fotos Noturnas da Cidade de Santos

Foto: Alexandre Andreazi

Foto: www.icomune.com.br

Foto: www.icomune.com.br

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Minimuseu do Rock em Santos

Aldo Fazioli (foto: Marcos Comune)
Muitos museus celebram o rock ou algum artista consagrado do gênero pelo mundo. No Brasil, essas iniciativas inexistem. Esses espaços estão reservados aos bares e estúdios espalhados por todas as regiões. 

O arquiteto paulistano radicado em Santos, Aldo Fazioli, mesmo sem qualquer apoio, montou o seu minimuseu do rock, no coração do Gonzaga. Alugou uma sala comercial na Rua Tolentino Filgueiras, 119, sala 21, e criou um verdadeiro santuário para os roqueiros. Entre LPs importados, DVDs e CDs raros, Fazioli acredita ter mais de 3 mil itens. “É um número baixo, mas é tudo o que comprei e ganhei desde que iniciei minha coleção, ainda na juventude”, explica o arquiteto, hoje com 66 anos.
Colecionador de histórias, Fazioli guarda lembranças preciosas em seu acervo. Tem todos os CDs de Lenny Kravitz autografados pelo músico, levou Joey Molland, vocalista e guitarrista do Badfinger, para almoçar em sua casa, além de conhecer um de seus maiores ídolos, Robby Krieger, guitarrista do The Doors, banda que considera a maior de todos os tempos.

“Passei um Natal na casa do Lenny Kravitz, em Miami. Ele namorava uma mulher que eu considero sobrinha. Ele foi muito atencioso, autografou os CDs, me mandou um pôster autografado, além de uma credencial para um show dele, que não consegui assistir”.

Sobre o guitarrista do Badfinger, Fazioli comenta que encontrou com o músico na Riviera de São Lourenço, logo após uma apresentação dele em Jaguariúna. “Conversamos, tiramos fotos e, na sequência, o levei para comer peixe em casa. Foi ele e a banda completa que o acompanhava”.

Aldo Fazioli em seu Templo do Rock   (Foto: Fernanda Luz)
Nas paredes da pequena sala comercial, o arquiteto destaca uma série de quadros originais, comprados na época de maior destaque dos seus ídolos. Jimi Hendrix, Beatles, Pink Floyd, The Doors, Rolling Stones, The Who, todos estão representados lá.

“Do que eu poderia assistir de show, me falta o The Who e o Led Zeppelin, o que sobrou dele. Nunca consegui ver o Jimmy Page e o Robert Plant juntos. Parece que o Who vem no ano que vem, vamos torcer”, comentou, enquanto apresentava uma série de preciosidades da sua coleção.

Falando em shows, uma pasta, muito bem organizada, guarda os ingressos de quase todos os shows assistidos por Fazioli.
Mas onde estava todo esse material histórico? Essa pergunta deve estar passando pela sua cabeça neste momento. O arquiteto tinha um bar em Bertioga, o Light my Fire, nome de um clássico do The Doors. Depois que fechou, tentou levar sua coleção para o Studio Rock, mas não conseguiu. Alugou o espaço e montou do seu jeito.

“Não é um lugar aberto ao público, mas quero que as pessoas que gostam do assunto, que queiram assistir aos filmes, ler os livros, venham até aqui. Quero compartilhar essas histórias”. 

Ficou com vontade de conhecer esse pequeno museu do rock em Santos? Ligue e agende sua visita: 3345-0020.

ATRIBUNA

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Cheers Beers! Festival de Cerveja Artesanal em Santos


O CHEERS! Festival de Cerveja Artesanal Cultura e Foods estará em SANTOS no belíssimo espaço do Mendes Convection Center nos dias 16 à 19 de fevereiro ( 4 dias de evento ) ESPERANDO VOCÊ !!!
_________________________________________

CERVEJARIAS JA CONFIRMADAS
Burgman; Cervejaria Campinas; Crazy Rocker; Doctor Brou; Kalango; Insana; Cuesta; Chopp do Alemao; EverBrew; Hebling; Fifties Bier; Dama; Queens; Leuven; Oak; Colina; Maniacs Brewing; Sapucai; Blondine; Hausen; Dortmund; Sauber Beer; OverMalt; Nineties Bier; Cervejaria do Gordo; Baden Baden; Rofer; BeerGreen; Rock na Teia
________________________________________

ATRAÇÕES/ SHOWS

> > > Quinta ( 16/02 )
18h30 - Tom Cremon Classicos
20h30 - Especial Creedence

> > > Sexta ( 17/02 )
18h30 - Rita Lee Cover ( Acustico )
20h30 - Brain damage ( Pink Floyd Cover )

> > > Sabado ( 18/02 )
18h30 - Big Chico Blues Band
20h30 - Especial Tim Maia

> > > Domingo
16h30 - Jack Rock Blues
20h - Solidão a Dois ( Cazuza Cover )

_________________________________________

ESPAÇO KIDS
_________________________________________


FOODS
- Hamburguinho- Blitz ( burguer )- Crazy Rocker Burguer Lab- Dr Food ( burguer )- Comiveis e Bebiveis ( porçoes )- Sushiday ( Japa )- Brownie Burguer ( brownie )- La Uruguaya- Batatalhao- Trikone ( Pastel e Pizza cone )- Paella Food- Sabor Caipira ( Porcoes )- Tatoo Doce ( Food Bike )

EXPOSITORES
- Pimentas Muru- Display Caps- Aline Sardeli Modas- Display Caps- Lotus- Dio Mio Antepastos
________________________________________

HORÁRIOS e INGRESSOS
QUINTA-FEIRA ( 16 FEVEREIRO ) - das 18h as 00h
( ENTRADA 1 KG DE ALIMENTO )

SEXTA-FEIRA ( 17 FEVEREIRO ) - das 18h as 00h
( ENTRADA R$ 10,00 )

SABADO ( 18 FEVEREIRO ) - das 16h as 00h
( ENTRADA R$ 10,00 )

DOMINGO ( 19 FEVEREIRO ) - das 16h as 22h
( ENTRADA 1 KG DE ALIMENTO )

COMPRE A CANECA OFICIAL DO FESTIVAL E GARANTA SUA ENTRADA VIP ( GRATIS ) EM TODOS OS DIAS.

Valor da Caneca: R$ 15,00

Pontos de Vendas:
______ SANTOS ______

Quiosque Burgman
Praia - Canal 4

Wallbike 1
Rua Campos Mello 411 - Vila Nova

Wallbike 2
Avenida Nossa Senhora de Fátima 833 - Vila São Jorge

* Caneca Oficial produzida com plástico injetado e gel congelante. Capacidade 400ml

_________________________________________
Mendes Convection Center
www.mendesconvectioncenter.com.br
Av. Gen. Francisco Glicério, 206 - Gonzaga - Santos

Mais informações: www.cheersfestival.com.br

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Aniversário 471 Anos da Cidade de Santos

sábado, 21 de janeiro de 2017

Dia do Surfista em Santos

A cidade onde nasceu o surfe no Brasil comemora neste sábado (21 de janeiro) o Dia do Surfista, conforme Lei Municipal 2172, de autoria do vereador Fabio Nunes em 19 de dezembro de 2003 (“Fabião” atualmente é secretário municipal da cultura).

O objetivo é valorizar a história do surfe na cidade, que teve seu primeiro registro nos anos 30 com o pioneiro Thomas Rittscher. Para isso, todos os anos, a Associação Santos Surf indica personagens importantes para serem homenageados pelo município em cerimônia oficial.

Os homenageados deste ano são: Elyseu de Andrade Júnior, Vicente Ferraro, Antonio Carlos Maia Pinto “Black do 6” e Silvio Pereira Lopes Filho “Silvio do Conde”. A cerimônia acontece no próximo dia 23 de janeiro, às 17 horas, no Salão Nobre Esmeraldo Tarquínio, Palácio José Bonifácio.

Na ocasião, a Associação Santos de Surf concederá o primeiro título de Sócio Honorário da entidade a Roberto Clemente Santini, diretor-presidente da TV Tribuna e uma das pessoas que mais apoiou e fomentou o desenvolvimento do surfe na cidade até hoje.


Lista dos homenageados no Dia do Surfista desde que a data foi criada:
2005 - Thomas Rittscher, Margot Rittscher, Osmar Gonçalves (in memoriam) e Jua Hafers (in memoriam)
2006 - Adalberto Mariani Junior, José Luiz Sant'Anna, Carla Canepa e Alberto Mansur Athié (in memoriam)
2007 - Nando Gouveia, Marcelo Pardal, Luiz Carlos Frigério, Miguel "Alemão" e "Petito" Canebley (in memoriam)
2008 - Saulo Nunes, Décio Dias Lima, José Roberto Zanetti e Flávio La Barre (in memoriam)
2009 - Cisco Araña, Paulo Rabelo, Picuruta Salazar, Almir Salazar e Lequinho Salazar (in memoriam)
2010 - Carlos Roberto Alencastro "Lobinho", José Carlos Lafraia, Ronaldo Mesquista "Gui" e Betinho Medeiros
2011 - José Roberto dos Santos Fernandes "Lacraia" e Manuel Guardado Freire “Maneco"
2012 - Carlos Carmelo Alves, Fernando Carlos Alca Barbosa "Buana", Luiz Carlos Xisto e Paulo Alcino Giuliani Sodré "Máquina" (in memoriam)
2013 - Eduardo Nogueira “Piolho”, Allan Torecilla, Nelson Ferreira Filho "Vaselina" e João de Deus Assis
2014 - José Geraldo Lucindo da Silva, Francisco Mendes "Chico Preto", Ronildo "Roni Surf", Carlos "Twin" Argento e Eduardo "Twin" Argento (in memoriam)
2015 - Maurício Tadeu di Gregorio “Paulista”, Odmar Fernandes Aguiar Junior “Timó”, Durval Citero Junior “7 Cabeças”, Hélio Silva de Oliveira “Coquinho”
2016 - Homero Naldinho, Sergio Barros Barletta, Wanderley Paschoal “Milica”, José Roberto Pereira Barreto Júnior “ZeBeto”
2017 - Elyseu de Andrade Júnior, Vicente Ferraro, Antonio Carlos Maia Pinto “Black do 6”, Silvio Pereira Lopes Filho “Silvio do Conde”